Warning: trim() expects parameter 1 to be string, array given in /home/comunidadeevangelicacrista/www/wp-content/plugins/the-events-calendar/src/Tribe/Main.php on line 2397
Nossa História – comunidadeevangelicacrista

Seja bem vindo

Comunidade Evangélica Cristã de Vila da Penha

História

Comunidade Evangélica Cristã – Vila da Penha

A COMUNIDADE EVANGÉLICA CRISTÃ DE VILA DA PENHA nasceu no dia 11 de abril de 1981, com trinta e quatro jovens inexperientes oriundos da Igreja Presbiteriana e que foram abençoados por seus pastores, que reconheciam a obra que Deus tinha preparado para suas vidas. Estes jovens eram liderados por Ari Caetano do Nascimento & Maria Denise (atualmente pastores presidentes deste ministério) juntamente com Marco Antônio & Juçara Peixoto (atualmente presidentes da Comunidade Internacional da Zona Sul).
A primeira reunião deste grupo aconteceu em uma casa, no bairro de Achieta, zona norte do Rio de Janeiro, na casa de Ari Caetano e Maria Denise.
Com o passar do tempo, este pequeno grupo de jovens foi crescendo e se transformou em uma geração que hoje tem manifestado o Reino de Deus em diferentes nações. Homens e mulheres de caráter, apaixonados pelo Senhor e sua obra.
A história da Comunidade também é marcada pelo louvor e adoração, que fazem parte de sua essência desde seu nascimento. Canções do céu que marcaram gerações como: Nosso Deus é soberano, Está chegando o dia, Tempo de Guerra, Rei dos Reis, Tua Palavra e Consagração. Canção esta que alcançou 63 nações e se tornou a primeira música de adoração a ser cantada em um programa da Rede Globo e ainda hoje é ministrada em todas as igrejas do Brasil. Além disso, gerou e fez parte da formação de ministros que hoje são referências do Louvor e Adoração nacional, como: Aline Barros, Fernanda Brum e Adriana Marques.
Hoje, a Comunidade tem expandido o Reino de Deus através de igrejas pelo Brasil e mantém como sua principal missão: ganhar, consolidar, multiplicar e enviar. Preparando líderes e ministros do evangelho para levantar a bandeira do Reino de Deus e atender ao clamor dos céus nestes dias.